Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

Como Usar

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Guia essencial: Como usar blazer masculino

Compartilhar

Ao pensar em como usar blazer masculino, é importante priorizar os modelos com bom caimento e materiais de qualidade. Praticamente uma unanimidade do closet do homem contemporâneo, a peça acrescenta ares mais elegantes a produções para quase todas as ocasiões.

 

Na hora de escolher o modelo de blazer masculino ideal, vale sempre levar em conta a matéria-prima. Blazers de algodão e sem forro são ótimos para os climas mais quentes. Já os tecidos mais encorpados e com forros reforçados são os mais indicados para as épocas frias. 

guia do blazer masculino

O blazer masculino surgiu em 1837, início da Era Vitoriana no Reino Unido, quando o capitão do navio HMS Blazer encomendou jaquetas em azul-marinho para sua tripulação usar durante uma visita da rainha Vitória. Desde então, a peça passou por diversas reformulações. 

 

Na década de 40, após a Segunda Guerra Mundial, o estilo preppy entrou em evidência nos Estados Unidos, trazendo com ele modelos ajustados nos ombros em tons de cinza ou marrom. O estilista Pierre Cardin emprestou ares sociais à peça em 1960, enquanto Giorgio Armani remodelou o blazer nos anos 80, apostando em uma silhueta mais jovem e relaxada.

 

Novas silhuetas

 

Hoje, a maioria dos blazers tem a modelagem mais ajustada, com cortes ligeiramente mais curtos. Diversas grifes apostam no blazer masculino slim, como a Neil Barrett, que traz uma inspiração urbana e atemporal evidente na alfaiataria de aparência casual. Estampas gráficas abstratas e uma paleta de tons neutros acrescentam elegância.

 

Curinga em qualquer guarda-roupa, o blazer preto pode ser usado em diversas ocasiões. É o caso do blazer Neil Barrett em algodão e lã, com botões, bolsos frontais com lapelas e bainha curva. O modelo é peça-chave em produções casuais, fazendo bonito com camiseta listrada, calça slim e tênis esportivos.

 

Na hora de entender como usar blazer masculino, vale lembrar que a alfaiataria impecável caminha lado a lado com a proposta contemporânea. Pense em tecidos sofisticados, cortes minimalistas e estampas abstratas, criando uma estética elegante e moderna que garante um look chic e, ao mesmo tempo, despretensioso.

 

O blazer masculino esportivo está entre os mais democráticos. O modelo slim preto de lã stretch da Kenzo, com fechamento por botões ocultos e fenda traseira, é uma boa opção para looks casuais acompanhado de camisa estampada, calça de silhueta ajustada e tênis. O diferencial fica por conta da gola padre, tendência internacional que vem ganhando adeptos por aqui.

 

Blazer + jeans

 

Boa saída para quebrar a formalidade da alfaiataria, a dupla blazer e jeans ajuda a injetar mais modernidade e estilo no dia a dia. Nos bancos e empresas de negócios, claro, ele deve ficar do lado de fora; mas em outros tipos de ambientes de trabalho a combinação pode ser usada sem problemas na casual Friday.

 

Para acertar no visual, garantindo que a fórmula cumpra seu papel de quebrar a formalidade com modernidade e estilo, vale coordenar o espírito casual do jeans masculino com camisetas lisas e malhas – modelos de gola alta dão um upgrade instantâneo à produção.

 

Jeans sequinhos e com as barras curtas são os mais indicados para este visual. Vale, inclusive, optar pelas calças com rasgos discretos e aspecto desgastado, usadas com a barra displicentemente dobrada. Neste caso, é bom deixar de lado os blazers de moletom ou com zíperes e capuz e investir na alfaiataria real, para fazer um contraponto elegante à peça tradicionalmente usada no escritório. Oxfords, botas, mocassins ou tênis complementam a produção.

 

Da cabeça aos pés

 

Falando em sapatos, a combinação de blazer e tênis é atual e urbana. Para não errar, aposte em um modelo de blazer clássico, como os da grife japonesa Loveless, que faz um mix de padronagens tradicionais e tecidos inovadores. Escolha designs discretos com referências vintage ou opte por peças urbanas de alto impacto – para complementar a produção, calça de alfaiataria risca de giz, T-shirt branca e tênis de cano alto.

 

Uma forma de variar o look com blazer é apostar em modelos estampados. O xadrez deu o tom dos desfiles mais recentes da Paul Smith, Maison Margiela e Lanvin. Em sua nova coleção, a Isaia aposta em peças marcantes com padronagens elaboradas, em uma linha elegante e cool. O modelo xadrez de lã mista, por exemplo, vai bem em ocasiões casuais com camisa polo, jeans e mocassim.

 

Um blazer para cada corpo

 

Uma última dica é escolher o corte de blazer que mais favorece o seu tipo físico.

 

Quem tem porte atlético e ombros mais largos do que o resto do corpo, no biótipo “triângulo invertido”, pode investir sem medo em tonalidades escuras e modelagens desestruturadas.

 

O corpo “retângulo”, com proporções similares no torso e nas pernas, ganha definição com o blazer masculino slim e sobreposições.

 

Para quem é maior na região da barriga, modelos mais estruturados em cores como o preto, cinza e marinho equilibram a silhueta.

 

Diferentes alturas também pedem cortes distintos. Para os mais baixos, o comprimento do blazer não deve ficar muito abaixo do pulso. Para os mais altos, a peça pode terminar entre o topo do pulso e o meio da palma da mão. 

 

E esse é o grande desafio de ambos os designers: assumir o peso de uma grife com 90 anos de história, mas sem deixá-la estagnar no tempo, fazendo jus à inventividade tão característica da obra e da personalidade do inesquecível Salvatore Ferragamo

look com blazer masculino
País da entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu pedido aparecerá em BRL R$ .
Ocorreu um erro durante a busca de países ou regiões

Aguarde

Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content