8690420 7565620 5899529 6264709 7955320 seotmstmp

(11) 3230-4141




chat online

Carregando...

Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um gênero para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se
Ícones de Estilo e Influenciadoressegunda-feira, 27 de julho de 2020

Entenda quais são as linhas da Comme des Garçons

Compartilhar

Por Nicollas B. Scarnera

 

 

Insatisfeita com as roupas convencionais que encontrava para vestir os modelos, a então stylist Rei Kawakubo resolveu materializar as vestimentas que tinha em seus pensamentos. Foi assim que, em 1969, nasceu a Comme des Garçons.

 

Aos 27 anos, formada em Filosofia, Artes e Literatura, ela aplicou conhecimentos das três áreas no design de suas peças. Aspectos recorrentes da imperfeição, da impermanência e a valorização de espaços vazios, aliados a silhuetas assexuadas, assimetria e muitos volumes, formaram o conjunto de características que fizeram da marca um sucesso em seu país de origem.

 

Para Kawakubo, o processo de criação de uma coleção é uma colaboração próxima com uma série de indivíduos, começando pelo seu fornecedor de tecidos, passando para os cortadores de seu ateliê, divididos em equipes específicas compostas, em sua grande maioria, por mulheres. O humor e os sentimentos da designer também interferiam diretamente em todas as etapas de criação.

 

Rei Kawakubo seguiu os passos de Kenzo, o primeiro designer japonês a entrar no mercado ocidental com força. Em 1981, já com treze anos de marca e estabelecida no Japão, foi realizado o primeiro desfile da Comme des Garçons em Paris. A apresentação foi um choque para muitos críticos de moda e - junto aos desfiles de Yohji Yamamoto e Issey Miyake - serviu como ponto de partida para redefinir conceitos que, até então, eram imutáveis.

 

A Comme des Garçons trouxe para o ocidente um novo jeito de abordar e enxergar a moda, com formas estruturais que escondiam o corpo, em contraposição ao que estava em voga na época. Roupas pretas destruídas, amassadas, rasgadas e repletas de sobreposições dividiram os jornalistas entre aqueles que consideraram o trabalho de Kawakubo um funeral autoritário e aqueles que sentiram-se intrigados com a visualidade das peças e tentaram, no - mais óbvio clichê - relacioná-las aos kimonos japoneses.

 

Daí em diante, o crescimento da marca foi ininterrupto. Em 1995, a Comme des Garçons já contava com 450 funcionários e lojas em Paris e Nova York, além de pop-up stores (ou lojas de guerrilha, como eram chamadas) espalhadas pela Ásia. Até hoje, a empresa é independente, devido a escolha de Kawakubo de não fazer parte de grandes conglomerados. No entanto, a designer é cuidadosa e adota uma estratégia de mercado onde o sucesso financeiro é parte essencial para manter a independência e a liberdade criativa.

 

Ao longo dos anos, a expansão da marca foi inevitável, o que gerou diversas ramificações, cada uma com um foco diferente, com públicos diferentes. Roupas menos sóbrias, mais comerciais, desenvolvidas pensando no público jovem e como uma porta de entrada para o universo da marca tomaram forma. Conheça abaixo cada uma das linhas da Comme des Garçons, muitas disponíveis na Farfetch, vindas de uma de nossas 500 boutiques ao redor do mundo. 

 

Comme des Garçons

 

Essa é a linha principal da Comme des Garçons, pautada pela mesma filosofia de design inicial e pelo grande apelo conceitual e abstrato. As coleções dessa linha são desfiladas em Paris desde 1981, duas vezes ao ano.

Comme des Garçons PLAY

 

A Comme des Garçons PLAY é a divisão mais popular e a porta de entrada para o universo da marca. O inconfundível coração desenhado por Filip Pagowski aparece em camisetas, moletons, suéteres, camisetas e no famoso Chuck Taylor 70, em colaboração com a Converse.

Comme des Garçons Comme des Garçons

 

A Comme des Garçons Comme des Garçons é a subdivisão que traz as roupas que a criadora da marca, Rei Kawakubo, gosta de vestir. As coleções contam com peças clássicas, reinterpretadas com algo novo e inesperado.

Comme des Garçons GIRL

 

A linha Comme des Garçons GIRL carrega o apelo arquitetônico da marca principal, traduzido de forma mais simples e com um toque de feminilidade através de estampas, babados e silhuetas menos soltas.

Comme des Garçons Parfums

 

A Comme des Garçons Parfums traz o apelo sensorial para dentro da marca. Fragrâncias nada convencionais como concreto, pimenta-do-reino e madeira exploram um universo além do convencional no mundo da perfumaria. A linha também conta com velas e incensos.

Comme des Garçons Homme

 

Iniciada em 1978, a Comme des Garçons Homme, inicialmente, carregava em suas coleções o que Rei Kawakubo idealizava para a vestimenta de um homem. Hoje, sob o comando do Junya Watanabe, a linha propõe uma série de peças clássicas do vestuário masculino reinterpretadas de forma atemporal e distante de tendências.

 

 

Comme des Garçons Homme Deux

 

A linha de difusão Comme des Garçons Homme Deux traz a formalidade do terno e gravata para um novo patamar. A alfaiataria ocidental cede espaço à técnicas japonesas, ao mesmo tempo em que trata o conceito da marca por um viés mais regular (mas nem tanto).

 

 

Beatles Comme des Garçons

 

Como uma forma de homenagear a banda, Rei Kawakubo desenvolveu uma linha cujo maior trabalho é concentrado em estampas gráficas que incorporam o famoso submarino, os integrantes da banda e trechos de canções famosas do grupo.
 

Comme des Garçons Homme Plus

 

Na Comme des Garçons Homme Plus o vestuário tradicional masculino ganha cara nova com peças híbridas, cortes fora do padrão, estampas em tamanhos exagerados, color block e tecidos incomuns.

Comme des Garçons Shirt

 

Como o próprio nome traduz, a Comme des Garçons Shirt é a linha da marca focada em camisas, abordando o item básico de maneiras inovadoras. A ramificação também conta com outras peças de vestuário, como bolsas, camisetas e até mesmo tênis.
 

Comme des Garçons Shirt Boys

 

O foco nas estampas, no color block e em cores vibrantes fica por conta da Comme des Garçons Shirt Boys. Apesar de muitos itens ainda estarem circulando no mercado, a divisão foi descontinuada em 2019.

Comme des Garçons Wallet

 

Acessórios em couro são o carro-chefe da divisão Comme des Garçons Wallet. Encontre carteiras, clutches e bolsas da mais alta qualidade em diferentes cores e texturas. Os itens são fabricados na Espanha e carregam um visual sofisticado.

Black Comme des Garçons

 

Personalidade, acessibilidade e positividade são algumas das palavras-chave para descrever a Black Comme des Garçons. A linha surgiu como uma resposta rápida ao senso de luxo e à recessão que ocorreu em 2009.

Comme des Garçons Noir Kei Ninomiya

 

A estética vanguardista e os drapeados ganham vez nessa divisão Comme des Garçons Noir Kei Ninomiya. Transparência, volumes e movimento são algumas das características principais do trabalho do designer japonês.

Ganryu Comme des Garçons

 

Fumito Ganryu, assim como Chitobe Abe, da Sacai, é mais um dos pupilos de Rei Kawakubo. O designer começou como cortador de tecidos dentro da marca e, com passar dos anos, ganhou sua própria linha. A divisão foi descontinuada em 2017, quando Ganryu decidiu seguir de forma independente.

 

 

Tricot Comme des Garçons

 

Comandada por Tao Kurihara, mentora de Junya Watanabe, a Tricot Comme des Garçons existe desde 1981 e carrega o objetivo de transformar os básicos do guarda-roupas feminino em peças excêntricas, acrescentando sempre um toque de arte em cada criação.

 

 

Tao Comme des Garçons

 

A divisão Tao Comme des Garçons também pertencia a Tao Kurihara e existiu entre 2005 e 2011. A proposta da linha era trabalhar com tecidos crus, formando roupas repletas de camadas, rendas e babados para criar formas que descaracterizaram a silhueta humana.

Junya Watanabe Comme des Garçons

 

Junya Watanabe é um dos mais antigos a integrar o time da Comme des Garçons. Sua marca encontra-se debaixo do garça-chuva da marca, porém, com um peso maior no nome do designer e com subdivisões  para as linhas masculina e feminina. O designer traz uma abordagem de desconstrução e modificação da silhueta feminina em suas criações na linha Junya Watanabe Comme des Garçons, enquanto o vestuário masculino é pensado de forma urbana e utilitária na Comme des Garçons Junya Watanabe MAN, linha que engloba as colaborações desenvolvidas com a Levi's.

Mikimoto Comme des Garçons

 

Essa é a divisão mais recente da marca, feita em parceria com a Mikimoto, tradicional empresa do ramo de pérolas. A linha oferece colares em prata e pérola contendo o logo da Comme des Garçons. 

Destino ou região de entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu pedido aparecerá em BRL R$ .
Ocorreu um erro durante a busca de destinos ou regiões
Aguarde

Aguarde

Só um minuto...