Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

Como Usar

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Guia como usar: modelos de calças

Compartilhar

Viva a moda democrática: graças a ela, as mulheres podem escolher entre os inúmeros modelos de calças que as grifes nacionais e internacionais não se cansam de reinventar. Mais soltas ou ajustadas ao corpo, há peças para todos os gostos. E o que é melhor: basta lançar mão de alguns truques de styling para deixar as calças femininas com o seu estilo.

como usar calcas femininas

A calça era considerada uma peça predominantemente masculina até os anos 20, quando Coco Chanel introduziu o “pijama de praia” em suas coleções. Eram modelos de calça feminina de pernas folgadas que também eram usados em ocasiões informais, à noite, geralmente feitos de tecidos fluidos que realçavam as curvas.

 

Yves Saint Laurent investiu na peça na década de 60, quando criou o Le Smoking, em uma época em que a calça comprida se tornou parte inerente do closet da mulher moderna – o que já vinha sendo reforçado desde o fim da Primeira Guerra Mundial, quando as roupas práticas se tornaram prioridade.

 

Modelos mais folgados

 

Até hoje, a Saint Laurent está entre as marcas que apostam em diversos modelos de calças para elas. Em suas coleções mais recentes, a marca tem apresentado versões atualizadas para o jeans cropped, com a barra mais curta, que recebe agora uma camada de paetês bordados. Outra que marca presença é a calça cenoura, mais ajustada na direção dos tornozelos – a grife lançou um modelo de lã preta capaz de fazer bonito em qualquer guarda-roupa, dos mais modernos aos mais clássicos.

 

Com shape mais folgado, como se tivesse sido “roubada” do closet do namorado, a calça boyfriend também merece destaque em diversas coleções nacionais e internacionais. Ela traz toques inspirados no glamour rock ‘n’ roll e serve de base neutra para complementos sofisticados, como um kaftan bordado de seda, em uma produção hi-lo, ou jaquetas de couro para um visual mais cool.

 

Tendência que vem dos anos 90, o mommy jeans, por sua vez, também é mais larguinho e tem cintura alta e corte reto. Alguns modelos também vêm rasgados e com outros efeitos, geralmente desgastados e desbotados, bem no espírito dos jeans “usados por nossas mães”.

 

Flare x skinny

 

Quando o assunto é jeans, aliás, a calça flare não perde a popularidade. A calça de cintura alta e boca larga é um dos itens essenciais do momento e habita o guarda-roupa de fashionistas como Carô Gold e Pitty Taliani, criadoras da Amapô, grife que aposta na combinação entre design sofisticado e referências vintage.

 

Entre tantos modelos de calças femininas, as calças Amapô surgem com tecidos naturais selecionados, em padronagens vibrantes com perfume anos 70, ideais para quem quer ter as pernas aparentemente mais alongadas. Elas funcionam bem acompanhadas de tops e blusas mais sequinhos e, nos pés, plataformas, scarpins ou sandálias de salto.

 

Andrea Bogosian aposta na atualização da calça flare criando modelos de couro preto, com cintura média, detalhes de babados e caimento justo. Para um efeito contemporâneo, as calças Andrea Bogosian podem ser combinadas com outras peças da coleção Flower Camouflage – tweeds e malhas naturais, além de blusas de linho, crepe de seda e renda.

 

Outro clássico quando se trata de jeans é a calça skinny. O modelo bem justo na perna, tanto na coxa quanto na panturrilha, vai bem em praticamente qualquer produção – mas vale deixá-lo para ocasiões informais. Para eventos formais, o ideal é investir na calça social. O modelo de alfaiataria pode ser usado com sandália de salto e blazer.

 

Já a calça slim tem uma modelagem semelhante à da calça skinny, que segue os contornos do corpo, porém de maneira levemente mais solta. É o tipo de calça clássica, que pode acompanhar um blazer com camiseta e sapatos de salto fino sem problemas.

 

Cheias de referências

 

Outra tendência que vem dos anos 90 é a calça cargo, conhecida pelos bolsos nas laterais. Mas se antes ela vinha bem larga, na cola das roupas usadas pelos skatistas, agora ela ressurge sexy, mais ajustada ao corpo e, algumas vezes, em tecidos sofisticados, pronta para ser usada com T-shirts despretensiosas ou tops de seda, como mostrou a Balmain há algumas temporadas.

 

Com inspiração nos trajes usados nos países do norte da África, a calça saruel é ajustada na cintura e tem o gancho mais baixo. O modelo atrai pelo conforto e pode ser usado em qualquer lugar, só depende do tecido: materiais sofisticados, por exemplo, acompanham camisetas justinhas em eventos à noite. Durante o dia, é possível apostar em modelos de sarja ou jeans para produções despojadas.

 

Entre os modelos de calças femininas que vencem pelo conforto, a versão mais larga com tecidos fluidos é campeã. A calça pantalona está entre as peças que brilham nas coleções recentes de calças Gloria Coelho, com destaque para modelos pretos ou brancos com cintura alta, passantes no cós, faixas e caimento solto.

 

Versão mais leve da calça pantalona, as calças palazzo fizeram sucesso nas coleções de inverno das grifes internacionais, mas caem bem no outono brasileiro, já que geralmente aparecem em tecidos delicados. A calça Dolce & Gabbana, por exemplo, pode ser combinada com camisas e camisetas mais sequinhas para um resultado elegante. Nos pés, os saltos altos deixam o look mais sofisticado.

 

Coco Chanel ficaria orgulhosa! 

look calca skinny
País da entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu endereço de cobrança é BRL R$ .
An error occurred while fetching the countries or regions

Aguarde

Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content
Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content