Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

Como Usar

quinta-feira, 8 de março de 2018

Segredos de styling: Roupas para cada tipo de corpo

Compartilhar

No século XXI, praticamente todas as regras de dress code já caíram de moda. Hoje, é possível adaptar diferentes tendências para as mais variadas situações e lugares. Mas, se ainda existe uma regra válida que você pode seguir para conquistar o look ideal com 100% de garantia é a das roupas para cada tipo de corpo.

 

É claro que quem tem estilo de sobra pode se enquadrar na categoria das exceções e se divertir à vontade, sem levar os padrões tão a sério. Mas, de modo geral, saber que estilo de roupas funciona melhor para realçar seus pontos fortes e camuflar os fracos é sempre uma boa tática, ainda mais para quem busca um visual perfeito e à prova de erros.

 

O primeiro passo para chegar lá? Descobrir quais são os tipos de corpo feminino e onde você se enquadra antes de fazer a sua wish list.

estilo de roupas

Boxy

 

Também conhecido como retângulo, esse tipo de corpo tem as mesmas medidas nos ombros, quadril e cintura – ele tem formas retas, sem muitas curvas.

 

A principal meta, aqui, é realçar a cintura para ganhar pontos em feminilidade – cintos e peças acinturadas, como saia lápis e tulipa, funcionam bem, assim como roupas de marcas especializadas em valorizar a silhueta feminina, a exemplo da Lilly Sarti.

 

O extremo oposto é outra possibilidade a ser cogitada: looks boyish, com toques masculinos, também são uma alternativa excelente para a silhueta boxy, especialmente se você acentuar os ombros com paletós estruturados e calças justas.

 

Para completar o visual, abuse de mocassins e acessórios bem femininos, como bolsas pequenas e brincos grandes – que, aliás, são tendências! 

 

Ampulheta

 

A silhueta de mulher mais comum no Brasil é aquela conhecida como “violão", com cintura fina, ombros estreitos e quadril largo. Se você faz parte desta turma, invista em marcas como Diane von Furstenberg e seus wrap dresses, que valorizam bem a cintura e deixam o colo em evidência, independentemente de seios fartos ou não.

 

Os vestidos justos do tipo bondage, com tecido elástico e grosso, como os da Hervé Léger, são outra opção que ajuda – e muito – a delinear o corpo ampulheta. Use sem medo para compor looks marcantes e sensuais.

 

Para as ocasiões em que não quiser expor demais as curvas, opte por uma parte de cima com linhas retas, como um top mais boxy, e uma parte de baixo em tons escuros e discretos (pantalonas são ótimas escolhas). Ou simplesmente coloque um paletó reto sobre o vestido.

 

Longilínea

 

Pernas, pescoço e braços longos, geralmente finos, marcam uma estrutura corporal bastante associada às modelos. Esta silhueta tem pouquíssimas restrições e dezenas de roupas que combinam com ela.

 

Vale tirar proveito deste tipo de corpo acentuando justamente seus pontos fortes: deixe as pernas à vista com a ajuda de minissaias e vestidos assimétricos com fendas, como as peças de Giuliana Romanno. O estilista está entre os favoritos das tops models, justamente por criar roupas que valorizam o sex appeal de silhuetas delgadas.

 

No dia a dia, a fórmula também é simples: calça skinny ou mom jeans, que remetem à Levi’s dos anos 90, camisetas ou camisas oversized, bem masculinas, e sapatilhas dão conta do recado. No verão, abuse de vestidos mídi com flats.

 

Oversized

 

A silhueta de mulher que mais requer cuidados, se você quiser pisar em um terreno seguro, é a oval. A dica, aqui, é usar peças que não sejam nem grandes demais para não aumentar visualmente o volume, nem justas demais para não realçar áreas maiores. O meio-termo, portanto, é o melhor dos caminhos.

 

Evite também tecidos muito moles ou estruturados em excesso, dando preferência às produções monocromáticas em tons escuros que garantem sempre um toque de elegância, além de matérias-primas sofisticadas, como os cashmeres da moda feminina N.Peal.

 

O contraponto é valorizar o colo com decotes generosos e não marcar a cintura com cintos finos – se quiser usar o acessório, opte por modelos mais grossos que trazem harmonia para o look como um todo. O mesmo vale para os saltos: evite os muito finos e considere plataformas, saltos grossos e anabelas.

 

Obviamente, quem se sentir segura pode ousar. A blogger Ju Romano, por exemplo, é expert em quebrar regras e conquistar um visual surpreendente, com direito a estampas, roupas justas e curtas, independentemente de curvas e silhuetas.

A silhueta de mulher
País da entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu endereço de cobrança é BRL R$ .
An error occurred while fetching the countries or regions

Aguarde

Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content
Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content