Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Carregando suas notificações...

Você não tem novas notificações.

Avisaremos quando chegarem novos itens para você.

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

segunda-feira, 8 de maio de 2017

Alfaiataria: Os tipos de terno masculino

Compartilhar

Vestir um bom terno com caimento impecável é sinônimo de elegância imediata. Mais do que saber diferenciar os tipos de terno masculino, é importante entender também quais são os modelos ideais para cada ocasião e como escolher as melhores peças de acordo com o tipo físico.

traje social masculino

Independentemente do corte, o blazer masculino slim é uma versão mais ajustada do paletó e pode aparecer nas versões clássica, italiana e americana. O mesmo acontece com a calça social masculina slim. Já as fendas na parte de trás do paletó influenciam o caimento do traje, sendo que a fenda única deixa o visual mais contemporâneo.

 

Hoje em dia, os designers mais importantes da moda mundial estão renovando o traje social masculino a partir de uma visão atual da alfaiataria, que possibilita criar produções ao mesmo tempo descontraídas e refinadas na medida para as mais diversas situações.

 

A grife italiana Ermenegildo Zegna dedica-se à moda masculina feita com esmero – do terno completo a peças mais casuais – e se tornou uma das melhores produtoras europeias de tecidos de lã, mantendo até hoje a sua tradição na moda com caimento impecável.

 

Já o estilista Paul Smith, por exemplo, conquistou um lugar entre os nomes mais influentes da Inglaterra ao unir o design irreverente ao corte tradicional inglês. O alemão Hugo Boss, por sua vez, investiu em uma alfaiataria jovem feita de tecidos mais leves que as peças vendidas na Europa de modo geral.

ternos de marca

ternos Paul Smith                                                                               ternos Boss Hugo Boss

 

Corte clássico ou americano

 

O corte americano está entre os tipos de terno masculino clássicos, graças ao caimento reto e confortável. Nem tão ousado quanto o italiano, nem tão conservador quanto o inglês, o estilo americano tem blazer com lapelas tipo notched (triangular) ou picked (pontuda), apenas uma fenda traseira e ombros com estrutura ajustada. Ele cai bem na maioria das pessoas – além de ser versátil, já que pode ser usado em ocasiões diversas.

 

Por atender bem a diferentes tipos físicos, o modelo é um dos preferidos entre os ternos para casamento. Para eventos que definem o dress code como “traje social” ou “passeio completo”, a ideia é escolher ternos masculinos de cor escura, camisa de cor clara sem estampa ou com listras finas, gravata de cor neutra lisa ou com padronagem simples e sapato oxford preto ou marrom.

 

O uso do terno com colete é opcional. Embora seja popular em eventos noturnos, o conjunto deixa o visual menos formal e mais moderno. Quem procura um modelo de três peças pode ficar de olho na coleção mais recente da Dolce & Gabbana, que vai naturalmente do trabalho à festa num abrir de botões.

 

Variações de cinza também fazem bonito no escritório e podem ser usadas juntas, para um efeito monocromático. Já a combinação terno preto camisa preta é elegante, mas deve ser evitada no ambiente de trabalho – deixe-a brilhar em eventos marcados para a noite.

ternos Dsquared2

ternos Dsquared2

Corte italiano

 

Se a ideia é compor uma silhueta enxuta e um visual mais moderno e ousado, o corte italiano está entre os tipos de terno masculino ideais. Justo no peito, mas não colado ao corpo, esse modelo favorece homens magros e altos, uma vez que destaca os ombros e tem a cintura ajustada.

 

Este tipo de traje vai bem com calça social masculina slim, mais seca nas coxas – vale procurar também por modelos de calças com o cós baixo. Já o paletó tem bolso sem aba (também chamado de besom ou slash) e não tem fendas na parte traseira. As lapelas são triangulares, em formato notched.

 

Modelos do terno Armani clássico e o estilo do terno Dolce & Gabbana cinza duas peças de lã, são opções sofisticadas para executivos. Quando o objetivo for modernizar o traje social masculino, arrisque mocassins sem meias para quebrar a imagem extremamente clássica.

terno armani

terno Armani                                                                      terno Dolce & Gabbana

 

Corte inglês

 

Caracterizado pelo paletó com duas fendas traseiras – influência da época em que era comum andar a cavalo –, o terno com corte inglês tem caimento mais solto e levemente acinturado, favorecendo quem está acima do peso. As lapelas podem ser em formato notched ou picked e os bolsos têm abas, em um desenho conhecido como flap.

 

Por ter um visual mais conservador, alguns truques de styling caem bem para quebrar a sisudez do traje. Uma boa ideia é experimentar uma mistura de padronagens entre a camisa e a gravata, criando um contraponto discreto, porém interessante.

 

Além de fazer bonito no ambiente profissional, o traje de corte inglês também está entre as opções de ternos para casamento. Procure pelas coleções recentes de grifes como a Richards, que vem apostando em um modelo de paletó cinza com bolsos e lapelas clássicas.

 

A marca italiana Versace merece destaque entre os nomes internacionais. O terno duas peças preto da grife, com bolsos falsos e fendas na parte posterior, é um visual atemporal que vale o investimento.  

 

terno completo