Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

Tendências & Subculturas

quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Guia do sapato social masculino

Compartilhar

O calçado diz muito sobre o estilo de um homem. Embora as diferenças entre alguns modelos sejam bastante sutis, acertar na escolha do sapato social masculino é fundamental para o sucesso do look.

Brogues, oxfords, derbys, docksides e mocassins estão entre os tipos de calçado masculino que funcionam bem em todas as estações do ano, provando que homens também têm muitas opções. 


Os sapatos de amarrar ficaram populares no início do século 18. Usados para a prática de esportes e lazer em geral, eles aos poucos substituíram os estilos abotinados. No fim do século 19, os sapatos masculinos ficaram mais finos e pontudos e, atualmente, grifes nacionais e internacionais modernizam os estilos clássicos incessantemente, tornando-os mais cool e versáteis.

sapatos oxford

Oxford


sapato oxford tornou-se popular em 1910, e logo virou um clássico para ser usado com trajes formais. Originado no Reino Unido, ele recebeu este nome por ter sido adotado em massa pelos alunos da universidade de Oxford, na Inglaterra.


Ideal para os momentos que pedem calçados mais sofisticados e elegantes, o oxford se diferencia dos outros modelos de sapato social masculino pela amarração – a aba com os furos para os cadarços é feita em uma peça que vem desde a sola do sapato. Além disso, o oxford possui um bico de couro (cap toe), levemente arredondado.


Seja qual for o estilo de quem usa, um sapato oxford preto, como os da grife italiana Henderson Baracco, especialista em calçados masculinos desde a década de 30, é um coringa no closet e a escolha certa para ocasiões que exigem um black tie.


Mas nada impede que você faça uma combinação high-low (combinar o chic com algo mais simples). Um par marrom, em couro ou camurça, pode acompanhar produções diurnas e menos formais.

como usar sapato brogue

Sapato brogue Paul Smith

 

 

Brogue


O termo “brogue” serve para designar os pequenos furos que formam desenhos em um sapato oxford. Originalmente, estes orifícios serviam para que os calçados secassem mais rápido. Hoje, os principais shoe designers estão investindo em brogues com ares retrô e modernos, como os bicolores – perfeitos para produções casuais chic.


A grife italiana Tod’s, famosa por seu trabalho artesanal, aposta em acabamentos com efeito desgastado, detalhes coloridos e sola de borracha. Já a Paul Smith assina o modelo Christo, com um solado de couro que acompanha a cor do calçado (ele pode ser verde ou azul). Eles são ótimas companhias para um jeans ou uma calça de sarja com blazer.


Para finalizar a produção, um toque de cor viva nas meias evidencia a preocupação com pequenos detalhes.

sapato masculino derby

Sapato derby Versace 

 

Derby


A princípio, o derby e o oxford são idênticos. A principal diferença é que o sapato derby traz duas abas laterais costuradas sobre o corpo do calçado, por onde passam os cadarços. Com bico arredondado, o modelo ainda conta com um salto de 2,5 cm.

 

Opção clássica de sapato social masculino, o derby é um pouco menos formal que o oxford e por isso vai bem em ocasiões que não pedem tanto rigor no traje. Ainda assim, ele pode ser usado com ternos e calças de alfaiataria, além de emprestar elegância extra à dupla jeans e camisa.


Valentino foi uma a atualizar o derby, criando modelos feitos em couro e solado de borracha, e modernizados com franjas e tachas, para os mais ousados.

Sapato Dockside Timberland

 

Dockside


Com alma esportiva, o sapato dockside, também conhecido como boat shoes, foi criado pelo velejador americano Paul Sperry em 1935 para uso náutico. Originalmente, o Sperry Top Sider tinha cadarços rústicos, ilhoses de latão e um solado branco de borracha com finalidade antiderrapante.

 

Como o tecido desse tipo de calçado é mais leve e o dockside tem, pelo próprio design, um espaço mais amplo para os pés respirarem, ele é uma boa escolha para os dias quentes, acompanhando calças de alfaiataria, jeans ou chino.

 

A inspiração marítima também vale para os dias de hoje: esse tipo de sapato masculino funciona melhor se usado sem meia. Para focalizar a atenção no seu dock com charme, vale dobrar a barra da calça.

 

Mocassim

 

Inspirado nos sapatos usados pelos índios americanos, o mocassim (ou loafer) é um dos mais informais entre os modelos de sapato social masculino.

 

Na década de 50 ele se popularizou entre os astros de Hollywood, e hoje grifes internacionais como a Tod’s e a Dolce & Gabbana criam modelos em couros maleáveis e materiais macios, além de uma ampla cartela de cores que dão versatilidade às peças.

 

“Muitos estilistas estão fazendo versões mais modernas de mocassins, com novos formatos. Um preto cai bem com qualquer look – de um terno formal ao jeans com camisa polo. Ele é um meio termo perfeito entre um tênis e um sapato social com cadarço”, explica Jim Moore, diretor criativo da GQ americana.

 

modelos de sapato social masculino
País da entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu endereço de cobrança é BRL R$ .
An error occurred while fetching the countries or regions

Aguarde

Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content