Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

Ícones de Estilo e Influenciadores

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

O estilo Marilyn Monroe

Compartilhar

Polêmica, sexy e glamurosa. Uma das estrelas mais famosas de Hollywood, Marilyn Monroe foi e continua sendo um eterno fashion icon que inspira artistas e fashionistas através de gerações por sua ousadia e personalidade. 

 

Nascida em Los Angeles em 1926, Norma Jeane Mortenson mudou seu nome legalmente em 1956. Ela começou a carreira como modelo pin-up, mas logo chamou a atenção dos estúdios 20th Century Fox. 

 

Durante a vida pública de Marilyn Monroe, filmes emblemáticos trouxeram fama e revistas como a Time passaram a considerá-la um exemplo de mulher de negócios talentosa que fez sucesso a partir de seu estilo pessoal. 

Marilyn Monroe biografia

Marilyn Monroe – biografia 

 

Mais do que sua atuação em alguns dos filmes mais icônicos da época, como o musical Os Homens Preferem as Loiras, foram as roupas Marilyn Monroe e seus cabelos platinados que fizeram com que a atriz permanecesse no imaginário popular. 

 

Marilyn dava preferência a roupas brancas justamente para enfatizar a cor de seus cabelos, além de escolher cortes que destacavam suas curvas. A maior parte de seus trabalhos na publicidade, aliás, tinha a sensualidade como uma das características mais fortes. 

 

É por isso mesmo que seus looks mais famosos, como o modelo branco e acinturado que ficou conhecido como “o” vestido da Marilyn Monroe, ganharam esse posto exatamente por conta do sex appeal. Nesse caso, o traje entrou para a história em uma cena de O Pecado Mora ao Lado na qual o vento do metrô que passava abaixo fez o vestido voar, revelando as pernas da atriz. 

 

Estilo à parte, a vida de Marilyn Monroe é mais um capítulo instigante, tanto por causa de sua infância conturbada quanto por seus relacionamentos amorosos considerados polêmicos na época – ela se casou três vezes e ainda namorou artistas populares, como Marlon Brando. 

vestido da Marilyn Monroe

Loira fatal 

 

Em 2011, Simon Curtis dirigiu Sete Dias com Marilyn, que focou principalmente na semana que a atriz passou no Reino Unido acompanhada de Colin Clark, escritor do livro que deu origem ao longa. 

 

Com figurino criado por Jill Taylor, Michelle Williams incorporou a loira fatal em alguns de seus looks usados em filmes e aparições públicas. O filme também resgatou a preferência de Marilyn por looks na cor cáqui, como destacou a Max Mara em sua coleção de inverno 2016, abertamente inspirada na atriz. 

 

Prabal Gurung também trouxe de volta, na primavera do ano passado, a combinação que Marilyn usava de saia lápis em comprimento mídi com camisas mais largas e preferencialmente brancas, demarcando sua cintura e quadris ao equilibrar a silhueta. 

 

É essa combinação de looks acinturados e sedutores (mas não necessariamente decotados) com os cabelos platinados, acima dos ombros e cacheados que se tornou a assinatura de Marilyn Monroe tão reinterpretada pelas gerações que a sucederam. 

 

look saia lapis

Queridinha dos americanos 

 

Se Marilyn lançou a ideia de que os homens preferem as loiras, a música pop americana segue tentando provar a máxima com artistas como Madonna, Gwen Stefani, Britney Spears e Lady Gaga, que vêm fazendo referências à estrela hollywoodiana. 

 

Frequentemente vista com penteados semelhantes ao de Marilyn, Gaga incorporou a atriz em um vestido longo de veludo preto da Versace durante o Golden Globes de 2010. 

 

Mas antes disso, já nos anos 80, Madonna fazia questão de manter o legado de Marilyn vivo em ensaios fotográficos, clipes e shows. Em Material Girl, a cantora chegou a remontar a cena em que Marilyn canta Diamonds Are a Girl's Best Friend, inclusive usando o icônico vestido rosa com luvas longas. 

 

Foi exatamente  esse arquétipo de mulher sexy e devastadora que continuou sendo revisitado por outros artistas, como Lana Del Rey ao interpretar a famosa apresentação em que a diva cantou parabéns ao presidente John F. Kennedy em 1962. A atriz usou um vestido longo com 2.500 cristais bordados que foi leiloado por US$ 4,8 milhões no ano passado. 

 

Já nas passarelas, além de Max Mara, o ícone da loira fatal apareceu também na campanha de primavera 2009 de Roberto Cavalli, quando a modelo Daria Werbowy incorporou Marilyn, enquanto no mesmo ano a Dolce & Gabbana incluiu o rosto da atriz como estampa de vestidos volumosos. Atualmente a Moschino traz o ícone como estampa e aplicações de suas blusas e camisetas.

Moschino Marilyn Monroe

Incorporando Marilyn 

 

As lições aprendidas com o estilo Marilyn são facilmente replicadas no cotidiano, a começar pela atenção ao biótipo: a estrela conhecia muito bem o seu corpo violão e, por isso mesmo, só usava roupas estruturadas e bem acertadas às suas curvas. 

 

Além da saia lápis, Marylin, que chegou a ser modelo da Levi’s, também não dispensava calças e shorts de cintura alta, fossem eles de alfaiataria ou mesmo jeans, como os da Amapô

 

Ela apostava ainda em crop tops, tendência que segue como dica para o verão 2017, como visto nas coleções de Alexander Wang e da Corporeum, especialmente quando usados junto à clássica cintura alta.  

 

A mesma silhueta valia para as roupas de banho, um estilo sempre presente nas coleções da Haight, da Amir Slama e da Brigitte – todas elas apresentando também vários modelos de maiôs, outra preferência de Marilyn, sobretudo combinados com acessórios de impacto, como brincos grandes. 

 

Com muito drama e glamour, o estilo Marilyn segue como uma referência e ensina que acentuar seus pontos fortes e ser fiel à sua personalidade será sempre uma fórmula de sucesso

estilo Marilyn
País da entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu pedido aparecerá em BRL R$ .
Ocorreu um erro durante a busca de países ou regiões

Aguarde

Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content