Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um Sexo para comprar!

O que levar na mala? Básicos para toda viagem

Férias sempre remetem ao dolce far niente, certo? Antes de aproveitar o descanso, porém, é preciso decidir o que levar na mala, o que pode ser uma tarefa bem complicada.

roupas para o inverno europeu-bagagem

O primeiro passo para transformar seus dias de folga em algo realmente prazeroso é estar pronto para qualquer situação – festas que podem surgir no meio do caminho, compras, encontros – e ter em mente a estação do ano que será enfrentada.

Embora pareça óbvio, muita gente tropeça aqui, afinal, o que levar na mala de viagem para a praia é completamente oposto à fórmula das roupas para o inverno europeu. Outro fator importante é o tempo da viagem. O que levar em uma viagem de 3 dias? Como arrumar a mala de viagem internacional se o período de estadia for longo?

 

Sob o sol da Bahia

 

Como estamos mais acostumados ao clima quente, típico do nordeste brasileiro, e o final de ano é sempre uma deixa para praias e resorts, começamos por o que levar na mala de viagem para a praia.

Biquínis para elas e sungas masculinas, claro, são fundamentais – quem não abre mão da elegância nem mesmo nas areias pode eleger cores neutras, como preto, azul-marinho ou marrom. Estampas tropicais também costumam combinar com paisagens de verão.

Leve pelo menos dois, para ir revezando, e considere a possibilidade de um bom maiô (como as ótimas opções da Duskii). A peça faz um mix perfeito com resorts e passeios de barco, e ainda pode ser usada à noite, como body, na companhia de saias longas ou pantalonas.

Vestidos estampados ou feitos à mão, de crochê ou renda clara, como os de Martha Medeiros, são outros itens que têm que constar na sua mala de alto verão. Ao mesmo tempo chiques e casuais, eles são perfeitos para jantares sob o luar ou almoços na orla – esqueça o salto aqui e invista em flats ou espadrilles. No caso dos homens, entram em cena calças chino, bermudas e camisetas ou camisas de linho.

Chemises e pareôs, por sua vez, são ainda mais curingas: servem tanto como saídas de praia (nada mais elegante) quanto como looks para situações diversas: o pareô, por exemplo, vira saia, enquanto a chemise faz as vezes de vestido. Dê preferência sempre a tecidos de fibras naturais, como algodão e linho, que deixam a pele respirar.

 

Extremo oposto

 

Na contramão da praia temos o inverno europeu, com suas estações de ski. A lista de itens para viagem aqui é um pouco maior e mais volumosa, então coloque as peças maiores na mala primeiro para maximizar o espaço.

Fundamental: um casaco poderoso, como os da Moncler, que aguentam bem a neve. Leve um básico, como preto, como a peça essencial que fecha o look. Adicione camisetas, blusas e calças térmicas e garanta produções sofisticadas e quentinhas – elas serão usadas sob outras peças mais importantes.

No après ski, saem os itens mais esportivos e entram casacos de pele e vestidos ou calças jeans escuras e camisas sociais – não se preocupe, a calefação garante o uso dessas pecas. E não esqueça: na sua lista de roupas para o inverno europeu, biquínis, sungas e chinelos não devem ficar de fora. Muitos hotéis têm spas e piscinas aquecidas.

Por fim, foque nos acessórios: cachecol, gorro, luvas, meias e botas são fundamentais para ambientes outdoor.    

 

Nem lá, nem cá

 

Pode parecer mais fácil à primeira vista, mas o que levar na mala para o outono e a primavera é ainda mais desafiador. Sim, as temperaturas são amenas e é uma boa época para ir a Londres ou São Francisco. Mas nunca se sabe se um dia vai amanhecer mais quente ou mais frio.

Foque, portanto, nos básicos com bossa e em roupas que transitam bem em qualquer temperatura. Jeans, jaquetas de couro, T-shirts, trench coats ou parkas – para momentos de chuva ou vento forte. Sapatos confortáveis para o dia a dia e peças mais elegantes para a noite: salto alto para elas ou mocassim para eles, suéteres de cashmere, saias e calças de couro e vestidos curtos, que podem ser usados sozinhos ou na companhia de jaquetas.

Preste atenção ainda no mood da cidade: Londres, por exemplo, combina bem com looks clássicos, enquanto São Francisco comporta versões mais descoladas, em sintonia com a vida agitada da cidade e sua história libertadora.

 

Salve-se quem puder

 

No kit malas de viagem, o que pode levar na bagagem de mão é outra equação a ser resolvida. As companhias aéreas não permitem líquidos acima de 100 ml – portanto, invista em versões miniatura de shampoos e condicionadores.

Cremes hidrantes e lip balm, máscara para dormir e água termal evitam pele e lábios secos, típicos de aviões, e garantem o sono, sem o incômodo da luz ao lado.

Por fim, é bom se prevenir, afinal, sua mala infelizmente pode ser extraviada. Carregue sempre com você uma pashmina, óculos de sol e uma troca de roupa, incluindo lingerie. E boa viagem! 

o que levar na mala