Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Guia de Estilo: Óculos de sol Ray-Ban

Muitos acessórios são icônicos, mas poucos são verdadeiros ícones da cultura pop. Criados em 1937, os óculos de sol Ray-Ban ultrapassaram sua função meramente utilitária para se transformarem em objeto de desejo ao longo das décadas, conquistando atores, presidentes, ídolos musicais e referências de estilo, como a ex-primeira dama americana Jacqueline Kennedy.

oculos Ray Ban

A história de amor entre os óculos escuros Ray-Ban e seus milhares de fãs teve origem, quem diria, no exército. A pedido do tenente John MacCready, que queria uma proteção contra os raios solares durante suas expedições, a empresa farmacêutica Bausch & Lomb desenvolveu o primeiro Ray-Ban com um objetivo literal: banir (ou melhor, bloquear) os raios.

 

Leves, feitos de metal banhado a ouro e com lentes anti-UV - além de um design cool - os primeiros modelos, que podem ser considerados protótipos do estilo Aviator, rapidamente caíram nas graças de todo o exército, em especial da força aérea americana, se espalhando pelo mundo como aeronaves.


 

Uma história de cinema

 

Das trincheiras para as telas, o cinema e o Ray-Ban andam de mãos dadas desde os anos 50, quando a empresa lançou seu segundo modelo mais popular depois do Aviator: o Wayfarer, eleito por estrelas como James Dean e Marylin Monroe, totalizando participações especiais em mais de 60 filmes e programas de TV.

 

Mas foi em 1986 que o Aviator tornou-se a estrela da vez ao ser usado por Tom Cruise (e todo o elenco) no filme Top Gun, impulsionando consideravelmente as vendas do acessório e confirmando o status cool da Ray-Ban como uma potência da moda.

 

Se o universo fashion focou no estilo da peça, ela foi escolhida por Bobbie Read, figurinista do filme, por uma simples questão de autenticidade, já que o filme retrata o universo aeronáutico americano. 

 

Take my Breath Away

O look de Kelly McGillis em Top Gun, aliás, é um momento fashion à parte. Metade bombshell, metade tomboy-chic, sua personagem teve uma importância extrema ao popularizar algumas das silhuetas mais características dos anos 80. 

Além do indefectível Aviator, ela difundiu a estética camiseta branca, jaqueta bombersaia-lápis e batom vermelho que definiu a década, assim como o jeans com lavagem stonewashed e o blazer oversized estilo Armani usado com as mangas enroladas para um efeito extra cool.

 

Tempos modernos

 

Das telonas aos smartphones, os óculos Ray-Ban seguem firme como um trending topic e são vistos, com frequência, nas páginas de influenciadores digitais como Thássia Naves e Kadu Dantas.

 

Enquanto Thássia investe em lentes espelhadas e acabamentos dourados para completar suas produções coloridas, Kadu Dantas opta pelo design vintage do Clubmaster, opção certeira para integrar seus looks cool com referências italianas.

 

Lançado nos anos 80, o modelo Clubmaster foi inspirado no estilo rockabilly dos anos 50 e, como todos os outros, é unissex, ou seja, cai bem com qualquer look. A diferença entre ele e o Wayfarer é que enquanto o último tem uma armação de acrílico, o primeiro tem acrílico no topo e metal nas bordas.

 

Um Ray-Ban para chamar de meu

 

A variedade de opções hoje em dia é tão infinita quanto o sucesso da marca, facilitando a escolha de um estilo que combina com você. Na dúvida, faça como Helena Bordon e opte por todos. “Vocês sabem que eu amo usar óculos de sol, tanto que considero esse acessório a parte mais importante de qualquer produção”, exalta.

 

Quem segue uma vibe mais clássica costuma ter uma queda pelo Wayfarer, afinal, se ele era bom para Jackie O, quem somos nós para questionar? Entre os fãs atuais estão Luke Blue Smith, Kate Moss e Victoria Beckham.

 

Relançado em 2007, em comemoração aos seu aniversário de 70 anos, ele vem ganhando novas versões a cada temporada, e hoje pode ser encontrado em materiais que vão do original acetato preto ao couro, passando pelo denim.  

 

Já os modelos arredondados, como o Ray-Ban Round, que automaticamente remetem a John Lennon, são a escolha certeira para quem não dispensa um mood cult. Neutros, eles são ótimos para complementar produções rock’n’roll e os preferidos em festivais de música.

Ases Indomáveis

 

Grande, esportivo e praticamente sinônimo da marca, o Aviator segue forte como uma ótima opção para todos. A armação dourada com lente verde é a mais tradicional da família, mas as espelhadas vêm chamando a atenção e se firmando como preferência entre os descolados.

 

“Meu modelo favorito é o estilo aviador da Ray-Ban, que posso usar com jeans, biker boots e uma jaqueta de couro, ou até mesmo combinar com um bom vestido e saltos. Eles caem muito bem de qualquer maneira”, confirma a modelo e it girl Georgia May Jagger.

 

Independente da sua escolha, um Ray-Ban empresta uma fascinação cultural a produções diversas, que só um acessório à prova do tempo é capaz. Afinal, não é qualquer um que é homenageado em uma música da Rihanna “Got my Ray-Bans on and I'm feelin' hella cool tonight, yeah”!

Estilo óculos de sol Ray Ban