Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

Como Usar

sexta-feira, 10 de março de 2017

4 passos para adotar o estilo boyish

Compartilhar

A feminilidade tradicional vem sendo questionada desde os anos 60, quando o mundo se apaixonou pelo look boyish e espontâneo de Twiggy, abrindo caminho para que os designers da época brincassem com as proporções unissex. 

Algumas décadas depois, no começo do século 21, pegar roupas e acessórios emprestados do guarda-roupa dos meninos ficou tão comum que deu origem ao jeans boyfriend, enquanto a modelo britânica Agyness Deyn dava uma aula de como dominar o estilo boy-girl com a ajuda de algumas peças-chave e um corte de cabelo radical. 

A estética tomboy de hoje, perfeitamente representada pela dinamarquesa Freja Beha Erichsen, é bem mais democrática. Vale tanto apostar em um look masculino total (Calvin Klein e Versace foram apenas algumas das grifes que colocaram meninas para desfilar suas coleções masculinas) quanto utilizar referências sutis da moda “deles” para modernizar produções do dia a dia. A estilista Vivienne Westwood dá a dica: “Pegue emprestadas algumas peças dos seus amigos ou namorado e misture com as suas roupas favoritas”.

 

estética tomboy

1. Comece pelos pés

 

Os sapatos criados originalmente para os homens são uma ótima maneira de dar o primeiro passo em direção a um estilo masculino.  


Ecléticos e confortáveis, já que não levam saltos muito altos, eles fazem o par perfeito tanto com vestidinhos românticos e peças de alfaiataria quanto com a dupla jeans e camiseta. "Eu sempre fui mais boyish. Sapatos sem salto são perfeitos para mim porque eu não gosto de sofrer”, confessa Emmanuelle Alt, editora-chefe da Vogue francesa.


Os tradicionais oxford e brogues são ideais para reforçar um visual rock’n’roll chic composto por calça skinny, camiseta e blazer, por exemplo, mas também podem neutralizar a feminilidade de um vestido florido ou de uma saia maxi. 


Outro modelo saído do guarda-roupa deles, o mocassim pode entrar no lugar de uma sapatilha em looks práticos por aliar charme e conforto. Assim como os slippers (lisos ou estampados), que tiveram sua origem nas pantufas masculinas do século 14. 


Se a produção for mini, experimente combinar sapatos de amarrar e meias para substituir as ankle boots. Já em looks envolvendo calças ou saias mais longas, o truque é deixar o tornozelo à mostra para criar uma silhueta alongada.


2. Invista na alfaiataria

 

A alfaiataria feminina não está mais restrita ao workwear e hoje transmite uma elegância atemporal tanto na sala de reunião quanto depois que o sol se põe. Pode soar estranho, mas uma boa calça de alfaiataria é capaz de inspirar tanto glamour quanto um vestido de gala - prova disso são as diversas aparições de Angelina Jolie vestindo terno no tapete vermelho.


Segundo o designer britânico Paul Smith, a melhor forma de aderir ao visual é apostar em peças com caimento perfeito. “Camisas e jaquetas devem ficar certas no ombro e não podem ser longas demais”. Para finalizar, ele recomenda adicionar "toques femininos, como joias delicadas”. 


Esse mix de alfaiataria e acessórios girly é a essência da nova coleção Michael Michael Kors. “Quis criar uma linha com o melhor do feminino e do masculino. Afinal, por que não ter um pouco de tudo?”, questiona o designer americano.  


Carina Duek seguiu a mesma proposta, trazendo peças que funcionam em produções diversas, enquanto Reinaldo Lourenço foi ainda mais fundo e incorporou detalhes de trajes de gala masculinos para modernizar peças essenciais de seu verão 2016. O destaque ficou por conta dos terninhos com corte de fraque, das faixas na cintura inspiradas em smokings e das bermudas levemente arredondadas. 

 

3. Adote um espírito esportivo

 

Desde que saiu das quadras e academias para ganhar as ruas, a moda esportiva vem se tornando cada vez mais chic e moderna. Elementos do sportswear dão uma vibração tomboy a qualquer look, indo muito além do trio moletom, calça de lycra e tênis. 


Na Chloé, por exemplo, o sports luxe surge em jaquetas bomber usadas com saias na altura do tornozelo, ou em peças de couro com padronagens inspiradas em agasalhos olímpicos.  


Riccardo Tisci, diretor criativo da Givenchy, também trouxe notas esportivas para o verão da maison francesa, pegando carona em sua recente parceria com a Nike. Os moletons com aplicações, por exemplo, dão um toque despojado a minissaias de couro, e um vestido liso de algodão ganha ares andróginos quando combinado com uma jaqueta varsity e sapatos pesados.
 

4. Faça amizade com a calça jeans boyfriend

 

Na hora de investir em uma proposta tomboy chic, a calça jeans boyfriend é a sua melhor aliada. Nem skinny nem baggy, esta peça literalmente inspirada no estilo masculino foi adaptada pelas principais grifes especializadas em denim, como a J Brand, para valorizar a silhueta feminina graças a uma estrutura levemente afunilada. 


Neutra por excelência, ela permite brincar com elementos esportivos, como tênis e jaqueta college, pode criar um efeito retrô em modelagens de cintura alta ou seguir uma linha mais clean quando usada com cinto, blusa de gola alta e muita atitude.

 

tomboy chic
País da entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu endereço de cobrança é BRL R$ .
An error occurred while fetching the countries or regions

Aguarde

Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content
Nossa Política de Cookie

Aguarde

An error occurred while fetching the content