8690427 7565620 5899529 6264709 7955320 seotmstmp

(11) 3230-4141




chat online

Carregando...

Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um gênero para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

#FFWelcomes: Aluf, nova marca na Farfetch

Sustentabilidade e arteterapia. Estes são os dois pilares que sedimentam as bases da Aluf, marca da paraense, radicada no Rio de Janeiro e atual moradora de São Paulo Ana Luisa Fernandes, que acaba de chegar à Farfetch. Engajada socialmente e com o meio ambiente, a diretora criativa busca responder perguntas com suas coleções e aposta em tecidos de origem nacional com consciência ecológica para criar novos itens. “Se eu não pensasse na matéria prima que eu estou criando e na forma que eu estou criando as peças, eu estaria gerando um problema, não uma solução”, afirma à Farfetch. Descubra mais sobre a Aluf a seguir.
Texto: Carolina Belleze.

/ A Origem

“A Aluf foi o meu projeto de conclusão de curso. Estava na faculdade questionando a relevância do fazer de moda. Então, o meu único desejo quando eu me formei é que todo o trabalho que eu tinha feito, as 120 páginas que eu escrevi, as roupas, os acessórios, tudo, não morresse ali na sala de aula. Eu não imaginava que isso tudo fosse chegar onde a gente chegou hoje, mas, eu acho que eu nunca imaginei, mas eu quero. É uma coisa que a gente sempre sonha grande. Então, embora eu nunca tenha imaginado, não foi no sentido de não querer chegar onde nós chegamos, sabe?”

/ A moda da Aluf

“Como a gente fundou a Aluf com o questionamento de ‘Qual era a relevância do fazer de moda?’, a gente não faz isso somente no produto. A gente faz isso em todo o processo. Inclusive, eu falo que o processo é o mais relevante, né? Se a gente ler a moda somente pelo produto final, ela vai continuar sendo fútil e superficial. Então, o mais relevante da moda, é todo o processo. Não faz sentido a gente questionar somente o produto final, mas sim toda uma cadeia de comunicação, de atendimento, de business.”

/ Questionamentos e pilares

“Toda vez que eu começo a criar uma nova coleção para a Aluf, eu me questiono. Então, nasce de uma pergunta e essa pergunta precisa ser relevante não só para mim, mas para o todo. A Aluf é embasada em dois quesitos: a arteterapia e a sustentabilidade.”

/ Arteterapia e sustentabilidade

“Quando eu me questionei sobre a relevância do fazer de moda, eu encontrei a arteterapia, que justificava, através da busca do bem-estar psicológico, a criação e o processo de expressão corporal através da indumentária, da roupa e dos acessórios. Mas, ainda não era o suficiente, porque, embora estivesse justificando todo o processo criativo e até chegar a peça ao cliente - eu sou formada em design de moda, e o design é a busca por uma solução, não por um problema. Se eu não pensasse na matéria prima que eu estou criando e na forma que eu estou criando as peças, eu estaria gerando um problema, não uma solução. Então, a Aluf nasce sustentável não só no âmbito da matéria prima, que foi o que levou a gente a se questionar primeiro, mas, nos quatro pilares da sustentabilidade, que são o ambiental, o social, o econômico e o cultural.”

/ Compras como um voto

“Esse momento que a gente teve agora de isolamento e de reflexão, mais do que nunca potencializou o que eu acredito, que é a compra ser um voto. Eu acho que quando as pessoas estão comprando um produto nosso, o que eu mais sinto é a gratidão pela pessoa estar apoiando o meu trabalho e gostando dele. E quando uma pessoa faz um voto e ela acredita naquilo que você está fazendo, ela entende que aquilo que você está fazendo é relevante. Acho que antes disso, as pessoas que não se questionam sobre onde elas estavam colocando o voto, no caso a compra delas, elas vão passar a se questionar: eu preciso disso?”

/ O diferencial da Aluf

“Eu acho que quando a gente fez a nossa primeira reflexão, que era qual a relevância do fazer de moda e eu cheguei à conclusão de que não era olhar a moda pelo seu produto final, mas sim todo o processo e todo o impacto que a cadeia de moda tem, em toda cadeia e todas as consequências sociais, desde do que a cliente que chega aqui sente. Então, a gente fala que hoje, a nossa principal razão de existir é ser uma plataforma de criação de meios de expressão. Acho que esse é o grande diferencial da Aluf, não se posicionar como uma marca de roupa, mas como uma plataforma de criação de meios de expressão.”

/ Aluf x Farfetch

“Eu acho que quando a Aluf nasceu, quando a gente viu que ela já tinha nascido, a gente pensou em pegar toda a nossa identidade nacional e levar para o mundo. A gente sabe como é difícil você ser empreendedor, designer, comunicador, a gente precisa ser tudo ao mesmo tempo! Acho que com um parceiro como a Farfetch, a gente tem um peso a menos nas nossas costas e acredito que essa parceria vai conseguir evoluir a marca nesse quesito de chegar à mais pessoas.”

Destino ou região de entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu pedido aparecerá em BRL R$ .
Ocorreu um erro durante a busca de destinos ou regiões
Aguarde

Aguarde

Só um minuto...