Moda de luxo na palma da sua mão
8690426 7565606 5899512 6264707 7955320 seotmstmp
Carregando...

Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Por favor selecione um gênero para comprar!

(11) 3230-4141





chat online

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se

Das quadras de basquete para as ruas e passarelas:
conheça o Nike Dunk

35 anos depois do seu nascimento, o tênis é redescoberto por uma nova geração

Contar histórias emblemáticas e conectar o universo dos tênis à Cultura Pop
tem sido nossa missão desde que chegamos aqui na Farfetch. Como primeira
plataforma brasileira de Cultura Sneaker, tomamos para nós a
responsabilidade de registrar o que acontece no cenário brasileiro,
repercutindo eventos globais, fomentando discussões e relembrando a todo
momento que os tênis são muito mais do que acessórios para os pés.
.
Firme na missão, o SneakersBR traz, a partir de agora, histórias de alguns dos
principais ícones que fizeram um mercado essencialmente esportivo se
transformar em cultura, começando por um tênis que nasceu em 1985,
transcendeu barreiras e está sendo (re)descoberto por uma nova geração de
consumidores, transformados em novos fãs apaixonados.
.
Seu nome, Dunk, que pode ser traduzido do inglês como enterrada, já dá uma
pista bem clara das suas origens. Foi em 1985 que a Nike criou, em paralelo,
dois calçados diferentes com o mesmo objetivo: invadir as quadras de
basquete dos Estados Unidos.
.
A ofensiva na NBA foi feita pelo Air Jordan 1 - mas isso é assunto para um
outro post – enquanto as quadras universitárias foram atacadas pelo Dunk,
criado em combinações de cores feitas para servir sete famosas universidades
estadunidenses.
.
O projeto foi batizado “Be True To Your School” e a conexão do modelo com
cores típicas de times, países (ou bandas, lojas, skatistas, marcas de moda...)
foi se fortalecendo, ao longo dessas três décadas, ajudando a escrever sua
história.

Das quadras, o Dunk migrou para as ruas, ganhando releitura de cano baixo e
voltando ao mercado, a partir do pedido popular, primeiro no Japão, anos
depois de ser descontinuado pela fabricante.
.
No Japão, estabeleceu-se uma relação com a moda das ruas, enquanto, nos
Estados Unidos, os skatistas descobriram e adotaram o modelo em suas
sessões, conexão institucionalizada pela Nike em 2002, com o lançamento do
Dunk SB - levemente alterado, com mais enchimento na língua e forração
interna, para as horas sobre o carrinho – tantas vezes usadas na clássica
parceria com a Supreme.
.
Em paralelo, a música sempre flertou com o Dunk, desde sua primeira aparição
na capa do EP “Black Leather”, de 1987, do The Mix Crew, o que culminou com
parcerias com nomes como Deftones, Dinosaur Jr., Wu-Tang Clan, DJ AM, Iron
Maden, De La Soul, e muitos outros.
.
Artistas plásticos muitas vezes usaram o tênis como plataforma criativa,
encontro materializado, por exemplo, na exposição “White Dunk”, em 2004, na
qual 25 artista japoneses usaram o tênis como uma tela em branco, criando
obras que passaram por Tóquio, Londres, Paris e chegaram a Nova York,
onde, pela primeira vez, o lançamento de um tênis chamou a atenção da mídia
pela confusão causada na frente da loja.
.
O Dunk em questão foi criado pelo designer Jeff Staple, que usou um pombo
para representar a cidade de Nova York e colocou mais de 500 pessoas na
porta da sua loja, à espera do tênis, hoje uma preciosidade.

Do basquete para as ruas, das ruas para as passarelas

Quadras e ruas dominadas, skatistas conquistados, trilha sonora
providenciada, reconhecido como “arte”, usado em dezenas de collabs,
algumas delas disputadas a peso de ouro no mercado paralelo… se ainda
faltava alguma coisa para o Dunk (que, detalhe, já foi tema de livro) era
dominar as passarelas das grandes semanas internacionais de moda.
.
Comme Des Garçons, Dover Street Market e, mais recentemente, Virgil Abloh,
com sua Off-White, foram alguns dos nomes da moda que já colocaram suas
mãos sobre o tênis, isso sem mencionar marcas mais underground (mas não
menos importantes), como a inglesa Cassette Playa, os californianos da Stüssy
ou as inúmeras skateshops e sneakershops que ajudaram a autenticar o tênis
em seus nichos específicos.
.
O Brasil já teve sua importante cota de Dunks exclusivos (o SneakersBR
assinou 5 deles!) e o retorno do tênis, nos pés de celebridades como o ex-
casal Travis Scott e Kylie Jenner tem feito com que uma nova geração
(re)descobrisse a silhueta, elevando às alturas o valor de revenda de algumas
de suas mais disputadas edições.
.
É... a volta aos palcos, em grande estilo, de um
ícone que nunca devia ter saído de cena.

Destino ou região de entrega Seu pedido será enviado para Brasil e o seu pedido aparecerá em BRL R$ .
Ocorreu um erro durante a busca de destinos ou regiões

Aguarde

Só um minuto...

Nossa Política de Cookies

Aguarde

Ocorreu um erro ao buscar o conteúdo