Carregando...

Carregando...

Carregando...

Selecione uma opção

Carregando suas notificações...

Você não tem novas notificações.

Avisaremos quando chegarem novos itens para você.

Por favor selecione um Sexo para comprar!

Bem-vindo(a) à Farfetch, faça login ou cadastre-se
 

SPFW N44

Os destaques da temporada


Por Beatriz Falcão, fotos Marcelo Soubhia (Fotosite)

A edição de número 44 do tradicional São Paulo Fashion Week celebra a alma brasileira. Criado há 22 anos, o evento mais importante da moda no país, traz inspiração dentro e fora da passarela, revela novos talentos e reverencia estilistas experientes. Acompanhe a nossa cobertura do SPFW N44 pelo nosso Instagram e pelo Facebook.

 


UMA |
RAQUEL DAVIDOWICZ

O pintor, escultor e fotógrafo americano Cy Twombly e suas obras predominantemente em grande escala, abstratas e em cores como cinza e off-white serviram de inspiração para Raquel, estilista que comanda a UMA. No cenário da Japan House, as modelos deram início ao show em peças fluidas e leves, com uma cartela de cores que segue a aposta minimal da marca: preto, branco, off-white e damasco, além das estampas de rabiscos manuais que conversam com o trabalho de Cy.

 

 

 

 


OSKLEN

A Osklen apresentou uma coleção cápsula em edição especial que uniu seus elementos de estilo ao trabalho de Tarsila do Amaral, traçando um paralelo entre sua expressão de arte e o design da marca carioca. O desfile começou clean, com looks em branco e off-white, assim como uma tela em canvas, antes de ser pintada. A evolução relembra o processo de criação de um artista plástico, que primeiro analisa, esboça até concluir sua obra-prima. Do canvas, foram surgindo rascunhos de Tarsila, estudos em nanquim, monocromia em vermelho, a cor favorita da homenageada, para enfim vermos estampas dos quadros Abaporu e Brasileiros. 

 

 

 

 


LILLY SARTI

O verão 2018 da marca comandada por Lilly Sarti e Renata Sarti apresentou uma coleção símbolo da liberdade feminina, forte, ousada e instigante. Nas cores, vermelhos e laranjas aparecem em tonalidades brutas, fortes que logo contrastaram com a modelagem ampla e solta dos longos esvoaçantes e transparentes ao lado do couro, para compensar a fluidez e também para incluir a sensualidade nos temas desfilados, que o material já incorpora.

 

 

 

 


GIULIANA ROMANNO

A estilista que comanda sua marca homônima Giuliana Romanno desfilou uma coleção inspirada na Amazônia e entre os looks desfilados não teve nenhuma peça preta na passarela, o que até trouxe um desafio quando falamos de Giuliana. No lugar da cor curinga, tons crus e lavanda apareceram em shapes alinhados e também o brilho em texturas de palha. 

 

 

 

 

 

Curtiu essa matéria?